A televisão com imagem sem qualidade com sombras e chuviscos está com os dias contados. A partir de 26 de junho o sinal analógico será definitivamente desligado. A partir daí o sinal digital será implantado, a imagem da TV aberta passará a apresentar maior qualidade.

Em Salvador, as televisões trabalham com os dois sinais desde 2008. São Paulo e Brasília já tiveram o sinal analógico desligado. Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Vitória e Rio serão as próximas capitais a terem transmissão 100% digital.

Além da qualidade da imagem, vários canais transmitidos por sinal analógico, que ocupam a faixa de freqüência dos 700 MHz, passarão a ser usados pelas operadoras de telefonia móvel para melhorar o serviço oferecido no território nacional, implantando a tecnologia 4G para os celulares, além de ampliar a cobertura da banda larga, tanto para as áreas centrais quanto para as áreas mais periféricas.

Na Bahia, além de Salvador, 34 cidades terão o sinal 100% digital e dessas localidades, 20 municípios terão o direito da distribuição gratuita de kits de antenas e conversores para os beneficiários dos programas sociais federais, a exemplo do Bolsa Família. A entrega será feita pela iniciativa que reúne o pool de operadoras da telefonia, conhecida como Seja Digital.

Segundo o diretor-geral da Organização Seja Digital, Antônio Carlos Martelletto, o agendamento dos beneficiários deverá ser feito em maio e a entrega dos kits no final do mês. Depois de Salvador, o sinal analógico deverá ser desligado nas cidades de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro, até dezembro de 2018. As demais cidades ficarão com os dois sinais até o desligamento completo, em 2023.

Informações: Correio

Foto: Betto Jr/ Correio