O Vitória goleou o Vitória da Conquista por 5×0 na tarde deste domingo (23), no Barradão e vai disputar o título do Baiano contra seu rival Bahia nos dias 03 e 07 de maio. O rubro-negro jogará por dois empates para erguer seu 29º troféu do estadual. Antes disso, os rivais se enfrentam nas semifinais da Copa do Nordeste, nos dias 27 e 30.

Em campo, o Vitória da Conquista precisava vencer o confronto. O Bode partiu pra cima desde o primeiro minuto. Porém, após cruzamento, David driblou o marcador, chutou de pé esquerdo abrindo o placar aos 13 minutos do primeiro tempo.

Aos 29 minutos, o árbitro Johnn Herbert Alves marcou pênalti de Lúcio em Cleiton Xavier. Na cobrança, o próprio Cleiton deslocou Rodolfo e ampliou para o Rubro- negro.

A única oportunidade do Vitória da Conquista no primeiro tempo foi na cabeçada de Silvio, completando escanteio, mas Fernando Miguel caiu no canto e fez a defesa. Aos 44, Euller perdeu uma chance após jogada de David, que sofreu falta dura de Lúcio no lance. O zagueiro já tinha cartão amarelo e acabou expulso.

O Leão voltou para o segundo tempo com Paulinho no lugar de André Lima e bastou um toque na bola para o atacante ampliar o placar logo no primeiro minuto. Ele tabelou com David, recebeu dentro da área, pegou de primeira e marcou 3×0. Rodolfo espalmou, a bola bateu em Fieta e entrou, mas a arbitragem creditou o gol ao atacante rubro-negro.

O Vitória da Conquista não reagia diante do adversário.  Aos 18, Uillian Correia recebeu na entrada da área e acertou um chute de pé esquerdo marcando o quarto gol do Vitória.

Mesmo com a classificação garantida aos 44 minutos, Geferson aproveitou cruzamento de Paulinho e fechou a goleada em 5×0 para delírio da torcida.

Informações: Correio

Imagem: Maurícia da Matta/EC Vitória