O meia Régis foi anunciado como novo reforço do Al Wehda, clube do técnico Fábio Carille na Arábia Saudita, mas vai permanecer no Bahia. A equipe árabe fez a divulgação da contratação por meio do seu perfil oficial no Twitter, na noite desta quinta-feira, 23.

“Após forte concorrência com várias equipes do Golfo gerenciadas com sucesso, o clube, com a ajuda de Sua Excelência Turki Al-Sheikh, assinou com o astro brasileiro Regis Augusto Salmazzo”, escreveu o time, na rede social.

Em entrevista na manhã desta sexta-feira, 24, o jogador garantiu que permanece no Fazendão. “Houve esse desejo, houve essa procura, fico feliz, mas agora meu foco é no Bahia. Estamos na reta final da Sul-Americana, temos um jogo importante contra o Santos. Estou feliz e vou trabalhar bastante para dar alegria aos torcedores”, afirmou.

O diretor de futebol, Diego Cerri, também confirmou a permanência do atleta no tricolor: “O Régis realmente teve uma proposta financeiramente boa, para o atleta também, mas a gente em comum acordo, conversando com o jogador, empresário, decidimos que o mais importante é a continuidade do Régis, que é uma peça fundamental”.

O Bahia possui 45% dos direitos econômicos de Régis por três temporadas e o restante é dividido entre São Paulo e Sport. A multa contratual do meia é de cerca de 5 milhões de euros (R$ 23,75 milhões).

Formado nas divisões de base do São Paulo, o jogador acumula passagens por Paulista, América-RN, Chapecoense, Sport e Palmeiras. Régis desembarcou no Fazendão em 2016 e disputou 117 jogos pelo clube, marcou 23 gols e esteve no acesso à Série A do Brasileirão em 2016, além de conquistar os títulos da Copa do Nordeste de 2017 e do Campeonato Baiano desta temporada.