O Bahia derrotou o Ceará por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, 29, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e conquistou seu primeiro triunfo fora de casa no Campeonato Brasileiro, em partida atrasada da 15ª rodada da competição nacional. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 24 pontos, na 11ª posição, dentro da zona de classificação à Sul-Americana.

>>Veja a tabela de classificação

>>Confira os próximos jogos do Bahia

A partida começou com três surpresas na escalação do Bahia. O técnico Enderson Moreira promoveu o retorno do goleiro Douglas na vaga de Anderson, e colocou os meias Marco Antônio e Nilton como titulares tirando Edigar Junio e Vinícius da equipe, respectivamente. As alterações fizeram efeito e o Esquadrão marcou um gol ainda no primeiro tempo através do zagueiro Lucas Fonseca, em uma bela batida de primeira de perna esquerda.

A segunda etapa foi bastante truncada e com muitas faltas. Os donos da casa tentaram igualar o marcador pressionando o Bahia, que conseguiu se postar bem defensivamente e segurar o jogo. No final do confronto, o atacante Gilberto, após um belo contra ataque puxado por Élber, finalizou sem chances de defesa para o goleiro Éverson, marcando 2 a 0 placar.

A equipe do técnico Enderson Moreira volta a campo no próximo domingo, 2, às 16h, novamente fora de casa, desta vez diante do Atlético-PR, na Arena da Baixada, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão.

O jogo

O clássico nordestino se iniciou bastante equilibrado no estádio Presidente Vargas, com as equipes se estudando em campo e muita marcação. A primeira defesa da partida aconteceu apenas aos 25 minutos, quando o goleiro Douglas, do Bahia, interceptou um bom chute do atacante Felipe Azevedo.

O Tricolor respondeu marcando o seu gol logo aos 27 minutos da etapa inicial. Em uma boa cobrança de escanteio do meia Marco Antônio, o zagueiro Éverson desviou a bola na primeira trave e Lucas Fonseca, de primeira e com a perna esquerda, abriu o placar, colocando 1 a 0 para os visitantes.

A partir daí, os donos da casa tentaram pressionar a equipe do técnico Enderson Moreira. Aos 33 e 36 minutos, o goleiro Douglas praticou boas defesas após finalizações de Ricardinho e Samuel Xavier, respectivamente.

No entanto, a melhor chance do Vozão aconteceu no finalzinho da primeira etapa, aos 41 minutos. O meia Juninho Quixadá driblou toda a defesa do Bahia e ficou de frente com o goleiro Douglas, mas finalizou a bola para fora. Nos acréscimos, o centroavante Gilberto ainda assustou o goleiro Everson, do Ceará.

Já no segundo tempo a equipe do treinador Lisca tentou impor uma pressão sobre o Bahia para igualar o marcador. Com 5 minutos, o atacante Ricardo Bueno finalizou para boa intervenção do goleiro Douglas. Em seguida, o Vozão seguiu no ataque, mas a defesa bem postada do Tricolor conseguiu segurar o ímpeto ofensivo do adversário.

Aos 21 minutos, o time do treinador Enderson Moreira quase amplia o placar. A bola sobrou dentro da área para o meia atacante Zé Rafael, que finalizou para excelente defesa do arqueiro Éverson. Na sequência, o Vozão deu o troco na mesma moeda, quando aos 30 minutos, o meia Richardson chutou de longe para o goleiro Douglas espalmar para fora.

O “tiro de misericórdia” do Bahia veio aos 41 minutos da etapa final. Enquanto o Ceará pressionava, o Tricolor puxou um bom contragolpe com o meia atacante Élber que passou a bola para o centroavante Gilberto. O goleador carregou a redonda até a área adversária e finalizou sem chances de defesa para o arqueiro Éverson, dando números finais a partida em 2 a 0 a favor do Bahia.