O zagueiro Kanu usou as redes sociais para se despedir do Vitória. Na última segunda-feira (8), o jogador fez uma postagem na qual destacou sua passagem pelo Leão e que torce para que o Rubro-Negro permaneça na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. O contrato do zagueiro, que ia até o fim da temporada, foi rescindido na última sexta-feira (5).

“Mais um ciclo se encerrando na minha carreira, para um novo começar! Hoje encerro meu ciclo com o Esporte Clube Vitória, clube que aprendi a amar e respeitar. Fui muito feliz nestes últimos anos, talvez os melhores da minha carreira e os mais felizes fora de campo. Sou privilegiado por ter vestido essa camisa, por ser o zagueiro que mais fez gols com o manto e por ter ficado ao lado de vocês, torcedores! Fora 121 jogos , 16 gols decisivos, acesso a primeira divisão e a conquista de 2 baianos. Essa história foi linda!! Dei meu máximo sempre. Infelizmente as coisas não saíram como eu queria este ano, mas estou saindo de cabeça erguida e ciente do quanto lutei para fazer um Vitória cada vez mais forte! Torço para a equipe permanecer na Série A. A torcida do Leão merece! Estamos juntos e meu sincero agradecimento. Grande abraço!”, declarou o zagueiro em sua conta no Instagram.

A última vez que Kanu entrou em campo foi na goleada sofrida para o Grêmio, no Rio Grande do Sul. O zagueiro vinha se recuperando de uma lesão no joelho e não esteve à disposição no começo do trabalho de Carpegiani e, quando se recuperou, encontrou uma forte concorrência no setor defensiva. Lucas Ribeiro e Ramon assumiram a titularidade. Além disso, Aderllan e Bruno Bispo se tornaram reservas imediatos.

Kanu atuou com a camisa do Vitória em 121 partidas e marcou 16 gols. Em 2018, o zagueiro ficou marcado pela confusão no primeiro Ba-Vi do ano, em fevereiro, quando agrediu o meia Vinícius, do Bahia, e foi suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).