O deputado estadual, Jânio Natal (Podemos) soltou o verbo contra o prefeito José Ramiro Filho (PSD), o Zé Filho, e a secretária Municipal de Saúde, Juliana Carneiro, em audiência pública sobre o fechamento do Hospital Regional João Campos nesta quarta-feira, 11, na Câmara Municipal de Vereadores. Acusou o gestor municipal de esconder aparelho de raio X que seria doado a unidade hospitalar.

Portando um documento datado de 23 de maio de 2018 (foto – abaixo), onde solicitou um aparelho fixo de raio X, de médio porte, para o Hospital Regional João Campos, através de emenda parlamentar, o deputado afirma que o prefeito escondeu o aparelho para inviabilizar o funcionamento da unidade.

“Você será conhecido como o prefeito ‘Papa Defunto’, pois vai abrir diversas covas no cemitério de Riachão do Jacuípe com o fechamento do hospital”, disse o deputado.

Jânio Natal voltou a defender o governador Rui Costa e afirmar que o prefeito e a secretária de saúde foram os responsáveis pela decisão de suspender o repasse para a realização de cirurgias eletivas no João Campos.

O deputado não poupou críticas ao prefeito e mandou o recado: “não tenho medo de você, sei que alguns puxas sacos estão aqui gravando para lhe mostrar, mas eu ando de cabeça erguida”. Disse ainda que o prefeito faz isso porque é rico e tem dinheiro para pagar a consulta dele e de toda sua família.

A superintendente de Regulação da Saúde do Estado da Bahia, Ana Paula Dias, não compareceu a audiência pública, como estava previsto.

O evento também contou com um ato de mobilização. Pessoas contrárias ao fechamento do Hospital Regional João Campos, caminharam nas primeiras hora da manhã para protestarem. Eles saíram de frente do hospital até à Câmara de Vereadores, onde ficaram concentrados até o inicio da audiência.

Vereadores de Riachão do Jacuípe e de outras cidades circunvizinhas, além de lideranças políticas também participaram do ato em defesa ao Hospital.

Por: Filipe Oliveira

Fotos: Agenor Filho