O Tribunal Regional Eleitoral – TRE-BA, em sessão plenária na tarde desta segunda -feira, 23, decidiu pela cassação do mandato do prefeito de Conceição do Coité, Francisco Assis(PT) e da sua vice Genivalda Pinto (PSD) popularmente conhecida por Val de Alex, cuja chapa é acusada pela Coligação A Voz do Povo que na eleição de 2016 foi encabeçada por Vertinho e Renato por compra de votos.

Foto: arquivo

O processo esteve em pauta nos últimos dois meses no TRE e de lá para cá ocorreram três pedidos de vistas e um adiamento do julgamento. Nesta segunda, não estava na pauta de votação, ou pelo menos o prefeito não foi avisado, já que foi informado da decisão no inicio da noite quando se encontrava em um sepultamento no Distrito de Salgadália.

A votação pela cassação de Assis e Val foi de cinco desembargadores a favor contra dois que contrários.

Apesar da decisão ainda cabe recurso ao TRE e Assis continua frente a administração do Município, contrario do que muitos, inclusive correligionários esperavam, seu afastamento de imediato e o presidente da Câmara assumindo a cadeira do executivo.

Em resumo: foi acatado parcialmente o pedido de cassação pela maioria dos desembargadores, sem afastamento de imediato e a cassação só poderá ocorrer em definitivo após o transitado em julgado.

Oposição em festa pelas ruas da cidade

Tão logo foi divulgado o resultado do TRE pela cassação do prefeito e da vice, centenas de pessoas que esperavam pela decisão foram para o centro da cidade, muitos com bandeiras na cor vermelha com o número 25 de Vertinho, carros buzinando pelas ruas e musicas da campanha.

Calila Notícias